Camilla Faustino faz show nesta terça no Blue Note SP

Revelada no quadro “Quem Sabe Canta”, do “Programa Raul Gil” (SBT) e apadrinhada por Toquinho (com quem já realizou inúmeras apresentações no Brasil e no exterior), a cantora goiana Camilla Faustino se apresentará amanhã, dia 10, no Blue Note São Paulo. O  show marca o lançamento do DVD “Bossa Sempre Bossa”, elogiado projeto que resgata pérolas do gênero musical brasileiro mais conhecido no exterior.

No show, a artista estará acompanhada pelo Trio Guará, que a acompanhou na gravação do DVD “Bossa Sempre Bossa”. Lançado pela Maynard Music, “Bossa Sempre Bossa” está disponível também nas plataformas digitais. O álbum, produzido por Luiz Carlos Maluly, com direção artística de Marcos Maynard, reúne 18 faixas consideradas clássicos da Bossa Nova, o gênero musical brasileiro mais conhecido no exterior.

“No ano passado, ao assistir a um show do Toquinho com a participação da Camilla Faustino, percebi que chegara a hora de concretizar um projeto que eu planejava há anos, ou seja, gravar um disco de bossa nova. Decidi que o formato ideal seria um trio e uma grande intérprete. Por coincidência, uma semana depois fui apresentado ao Trio Guará. O projeto começava a tomar forma. Chamei então o Luiz Carlos Maluly, que teve a excelente ideia de colocar o Trio Guará e a Camilla em um estúdio de ensaio, sem a orientação de nenhum de nós dois. Isso fez com que, da criatividade e entrosamento desses jovens artistas, nascesse uma visão atual desse gênero musical que hoje faz 60 anos”, explicou Maynard na época em que o álbum estava prestes a ser lançado.

O repertório do show, baseado no DVD, traz canções imortais, como “Tarde em Itapuã” (Vinicius de Moraes/ Toquinho), “Chove Chuva” (Jorge Ben Jor), “Canto de Ossanha” (Vinicius de Moraes/ Baden Powell), “Samba de Verão” (Marcos Valle/ Paulo Sergio Valle), “Corcovado” (Tom Jobim) e “Girl From Ipanema” (Antonio Carlos Jobim / Vinicius de Moraes – Versão: Norman Gimbel).  Além de clássicos da MPB, samba e da música internacional, como “Sina” (Djavan) e “Isn’t She Lovely”, de Stevie Wonder, entre outros.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK! ÚLTIMAS NOTÍCIAS!